Congratulações à Vereadora Carmem de Primavera do Leste

Senhoras e Senhores vereadores e vereadoras,

Nossa querida Primavera do Leste acaba de passar por mais um pleito eleitoral em menos de um ano. Desta vez, como todos sabemos, a eleição se deu apenas para a majoritária, em face dos problemas que conhecemos. Isso é democracia, este é o legítimo jogo da Justiça frente à cidadania.

Mas o principal objetivo desta minha fala é PARABENIZAR a nossa valorosa companheira Carmen Betti, que cedeu generosamente seu nome e sua biografia para concorrer ao cargo de prefeita municipal nessa eleição fora do tempo. Mais importante do que ser eleita ou não, foi sua contribuição altiva para com a Democracia. Nesse contexto, fala mais alto o fato de se tratar de uma mulher com um invejável capacidade de luta e uma coleção de vitórias reunidas através de muitos anos. Agora, mais um feito notável para sua já rica biografia. Muitos têm receio de se lançar a uma tarefa de grande envergadura como a que acabamos de passar, pois acham que perdendo podem ser ‘queimados/as’, como dizem no jargão popular. Nada mais sem sentido; entendo que em qualquer disputa haverá sempre de existir o vencedor e o lado vencido e, realmente, não é fácil ver qualquer projeto ser rejeitado, mormente esse das urnas. Mas não deve ser assim: por se tratar de um “jogo” político com o objetivo republicano de obter representatividade junto à população, não há perdedor ou perdedora, pelo contrário: todos e todas saem ganhando. A população como juíza soberana de nossas propostas e ações é que dará o parecer final; haverá sempre quem confie em maior ou menor grau em nossas propostas e, mesmo não alcançado a almejada vitória, o candidato ou candidata será representante de um grupo, será sua voz  no Parlamento  e na administração Pública como um todo. Mais uma vez parabéns. Acredito que todas e todos saímos fortalecidos. Conte comigo dentro desta nossa Casa de Leis para a apreciação de seus projetos  que propõem benefícios para a população de um modo geral.

Vejo que a verdadeira e legítima Democracia tem, de fato,  essa natureza. Precisamos abandonar a velha prática que preconiza: “ai dos vencidos”. Não! Há espaço para todos e todas nós que, para além de sermos representantes temporariamente constituídos, somos orgulhosos cidadãos e cidadãs brasileiros, mato-grossenses e primaverenses.

Mais uma vez obriga, vereadora Carmen!

Mas, nesse cenário de transformações estabelecidas a partir de 2013/14, quero parabenizar o vereador Leonardo Bortolin, agora prefeito eleito de Primavera do Leste, pela sua postura de coragem e despredimento, quando deu um passo a mais em sua carreira política. Para além das divergências estabelecidas entre nossos partidos no cenário nacional, penso que aqui no município é que as relações se legitimam. Aqui é que de fato se estabelecem os laços de cidadania; o município é a célula do País. Espero que nós juntos, Parlamento e Prefeitura saibamos levar a cabo as ações certas no sentido de sanarmos os erros havidos nesses 7 meses de impasse, somando aos acertos da gestão anterior uma solução de continuidade. A palavra de ordem então é: NÃO PERDER TEMPO!

Quero deixar claro que o prefeito eleito Leo Bortolin pode contar comigo, em nome do Partido dos Trabalhadores, da aliança estabelecida entes desse pleito e, principalmente, em nome da população em geral. Em nome desta última prometo exercer meu mandato que, espero, seja definitivo até 2020. Em meu papel de vereadora quero conclamar também os/as colegas de vereança a uma proposição de  votar com celeridade todos os projetos que irão recolocar nossa cidade nos trilhos da democracia, recuperando os bons aspectos de nossas ruas e praças e, para além da mera aparência, o bem-estar de nossa população.

Há uma série de indicações urgentes que tenho em mente e/ou que chegaram até mim pela força da reivindicação de meus pares, professores e professoras da rede municipal. Há também o projeto de implementação do PCCS – Plano de Carreira, Cargos e Salários dos Profissionais da Educação -, cujo encaminhamento para votação e sanção depende da iniciativa do Executivo Municipal, por se tratar de matéria que gera impacto financeiro. Entendo que a valorização profissional é o melhor caminho para o bem-estar social duradouro do cidadão e da cidadã.

“O tempo não para!”, como disse o poeta Cazuza. Assim, é necessário não perder tempo com proposições individuais. Interessa o coletivo, os interesses da cidade em seu todo. Espero que cada vez mais saibamos estabelecer relações de respeito, cordialidade e colaboração entre nós pares vereadores e vereadoras, sem perder de vista nosso papel fiscalizador  em relação ao Executivo e em nome da população soberana. Lembrando sempre que essa é a razão de nossa existência aqui neste espaço de debates e ideias.

 

Edna Mahnic

 

Compartilhe esse Post

Com muito ❤ por go7.site